Monday, September 25, 2006

Coragem

Hoje vou escrever sobre um assunto dificil.
Um dos casais mais bonitos e importantes da minha vida estah se separando.
Um casal que durante muito tempo me inspirou, me ajudou a acreditar no amor quando o meu amor ainda estava longe de mim.Um casal que desde muito cedo decidiu viver junto, lutar junto, crescer junto.
Durante 7 anos este casal passou por tudo que todo casal costuma passar: paixao, amor, amizade, companheirismo, raiva, decepcao, frustacao, tristeza, solidao, carinho, esperanca, sonhos, dividas, viagens, alegrias, dores e a maior de todas as experiencias: ter um filho.
Durante 7 anos eles trocaram. Um dava o que tinha para dar para o outro.E por muito tempo se deram muito amor.
Hoje, depois de todo estes anos, este casal esta se separando. E como a historia deste casal sempre foi cheia de amor, hoje, quando se separam, a historia nao eh diferente. Ainda se amam. Como eu acredito que aconteca com muitos casais que se separam.
Mas chegaram num ponto em que estao vazios.Precisam se encher de vida novamente, precisam se recarregar, precisam se preencher de novo. Para que um dia, quem sabe, possam ter o que trocar de novo. Porque no momento, tudo que trocam eh o nada de um, pelo nada do outro.
Decidi escrever sobre eles porque acho que sao um exemplo. Um exemplo de amor. Amor por eles mesmos,pelo outro, e principalmente, pelo filho que colocaram no mundo.
Estao tendo a coragem de enxergar que, mais bonito que uma casal de mentira, eh um homem e uma mulher de verdade. Quer exemplo melhor para uma crianca? Estao assumindo suas dificuldades, seus medos. Indo a luta pelos seus proprios sonhos ao inves de jogar no outro a culpa pela sua infelicidade.
Claro que antes de chegar neste ponto, tentaram passar por isso juntos. Mas em certos momentos da vida, ha de se encarar que ciclos se encerram.Por mais duro que isto possa parecer.
E ai eu me pergunto: Sera que precisa ser tao duro?
Serah que nao eh possivel que ambos passem por isso, desde jah, com suas cabecas erguidas, orgulhosos de si, cientes de estarem fazendo a coisa certa, animados pela possibilidade de uma vida nova e por que nao, ateh mesmo com um sorriso no rosto?
Sera que precisam chorar para mostrar ao mundo e a si mesmo que sofrem? Sera que precisam temer, se sentir abandonados, sozinhos,inseguros? Ou serah que podem simplesmente declarar para si e para o mundo que "tudo vai dar certo" e acreditar nisso com todo o seu coracao?
Amor nao eh justamente o sentimento de querer o melhor para o outro? Seja lah como for este "melhor"? Nao eh isso que desejam que o seu filho aprenda?
Cada dia mais acredito que vivemos aquilo que acreditamos ser possivel viver. Entao por que nao acreditar no melhor? Acreditar desde jah que eh posssivel passar por isso e renascer ainda mais forte, nao daqui ha 10 anos, mas amanha mesmo.
Eh isso que desejo para os dois,e tenho muita FE que eh possivel.

FE eh aquilo que acreditamos ser, apesar de nao haver provas, nao eh mesmo?
Se ha provas, nao ha no que ter fe, pois jah estah provado.
Entao eh hora de provar que a FE que declararam ter ateh hoje nao era soh uma conversa bonita. Era FE de verdade!
Muita LUZ para voces.

2 Comments:

Anonymous Denise said...

separação é algo que dói, sendo por morte, por escolha, por distância ou qualquer outro motivo. tb acho q é possível passar por isso sem sofrer, mas na maioria das vezes quando acontece conosco sofremos. o sofrimento tb faz parte desse ciclo, eu acho.
qto a fé, não gosto mto dessa palavra, pq sou uma pessoa q gosta de provas. mas entendo quem tem esperança, apesar d ser uma coisa q está sempre lá na frente e nunca no aqui e agora.
beijos garotita.
me visita no flog tb tá?

8:11 AM  
Anonymous gus bozzetti said...

Essa não é história de todos nós? Claro, cada uma com suas peculiaridades, cada uma com mais ou menos (ou nenhuma) coragem, mas todas vão pelo mesmo caminho. Tenho certeza de que esse casal é dos mais corajosos e estão fazendo a coisa certa, até por que certo é fazer.
Acho que têm duas coisas difíceis nessa história de separação:
1) os dois estarem vazios da relação ao mesmo tempo; isso é uma coisa que às vezes demora mais pra um do que pro outro.
2) estar dentro da história e enxergar esse vazio; por que enxergar esse vazio é admitir que (pela nossa herança cultural católica/ocidental) você falhou, que não conseguiu se manter plena, mesmo amando muito a outra pessoa.

Menina linda,
tu és uma das mais corajosas que conheço.
Tua coragem me inspira todos os dias.

Beijos do Gus

3:12 PM  

Post a Comment

<< Home

online blackjack
free counters