Monday, May 29, 2006

Voo 778 para Istambul

Acabei de chegar de Istambul, na Turquia.
O tipo do lugar que nao achei que iria conhecer nesta vida. Mas meu visto aqui em Israel estava espirando e precisava sair do pais para ganhar mais uns meses ateh minha situacao se legalizar (o que deve demorar mais um tempo, e mais algumas viagens, hehehe).Entao escolhemos a Turquia, porque eh bem perto e a gente soh tinha 4 dias.Bom, nao sei muito o que dizer sobre aquela cidade gigantesca. Bom, talvez devo comecar por ai, dizendo que eh um lugar onde vivem 16 milhoes de pessoas. E apesar de ser mais ou menos o mesmo numero de pessoas que tem em Sao Paulo, parece muito mais gente.A cidade eh grande, mas a quantidade de gente nas ruas, isso sim eh impressionante.Tem mesquitas e palacios gigantescos em cada esquina, misturados com mercados, feiras, lojas, restaurantes, carros, trens, onibus e muitos, muitos turistas, ou seja, uma grande bagunca. Quatro vezes por dia ouvimos o som dos alto falantes de todas as mesquitas se misturando e chamando os muculmanos para rezar. Mas a maioria do pessoal continua fazendo compras ou comendo no meio da rua.A cidade eh a unica do mundo que divide dois continentes: de um lado da ponte, Europa, do outro, a Asia. Lojas da Adidas e McDonalds se misturam com lojas de milhares de anos onde desde sempre tapetes e especiarias orientais sao vendidas a base de muita negociacao com os turcos, que a proposito, odeiam ser confundidos com os arabes.
Quando se cansa de andar, o melhor negocio eh procurar um narguile cafe, onde voce senta em poltronas cobertas por tapetes e fuma o tabaco no sabor que voce escolher (menta, maca, melao, canela, etc). Ou pode escolher fazer um banho turco tambem, mas eu e o Nick escolhemos ficar na primeira opcao.A lingua eh absolutamente estranha e eles falam um ingles que nem mesmo os americanos devem entender, mas a gente se virou com um pouco de mimica e um pouco de jeitinho brasileiro, o que eh sempre util. Incrivel como a simples mencao da palavra "Ronaldinho" abre sorrisos iguais aos dele em qualquer lugar do mundo. Apesar de existir a mais de 6.000 anos a antiga Constantinopla tem tudo que uma grande metropole moderna exige, incluindo um excelente sistema de trens dentro da cidade e os filmes mais recentes em cartaz (acreditem, assisti X-Men 3 com legendas em turco).A comida eh muito misturada, tem de tudo, mas o Turkish Delight (um doce tipo torrone de varos sabores) eh o que parece ser mais tipico, junto com um jeito de fazer carne que parece uma almondega, mas tem outro nome que eu esquEci. Uma das coisas que mais me impressionou foi a grande diferenca entre o numero de homens e mulheres nas ruas. Tirando as turistas, basicamente o que se ve andando pela cidade , ou dentro dos onibus, ou em qualquer lugar sao turcos e nao turcas. Sim, as mulheres sao minoria absoluta. O que faz com que a gente desista de usar qualquer roupa mais atrante logo no primeiro dia, a menos que voce queira se sentir como um pedaco de carne pendurada no acougue. Bom, resumindo, eu e o Nick nos divertimos muito, andamos muito, vimos milhares de cenas curiosas e interessantes, mas nao sei se eh um lugar onde eu pretendo voltar um dia. Definitivamente Istambul nao eh como Paris que vc vai e tem certeza que vai passar o resto da vida querendo ir de novo.Mas eh sempre muito bom conhecer culturas diferentes... eh sempre uma aventura e eu nao troco a aventura de viajar por nada. A nao ser que o Nick tenha que voltar para trabalhar. Ai eu volto com ele ne?
Beijos

1 Comments:

Anonymous  said...

Que bom te ver, falar com você, e principalmente saber que você está muito feliz.
Beijos, saudades,

11:54 AM  

Post a Comment

<< Home

online blackjack
free counters